#As Queridinhas do Home Office

O número de pessoas que agora trabalham em casa, está crescendo. Com isso, foi criado um “novo ambiente” dentro da nossa casa. O home office. Percebi que esse então novo ambiente tem um estilo de mesa muito queridinha, a cavalete.

PicMonkey Collage

Ela pode ser de qualquer material: com os pés em madeira ou de metal; o tampo de madeira ou de vidro. O que importa são os seus pézinhos em formato de A, ou um V ao contrário {se achar melhor descrito assim}, bem charmosos. Ela pode ser toda simples, ou ter gaveta no tampo da mesa, ou ter um espaço para guardar objetos na área do seu pé. E as cores da que você gostar mais❤.

Onde encontrar:   Mobly    ●     Madeira Madeira   ●     Casa Tema

Faça Você Mesmo: Mesa Cavalete


Fotos: Pinterest

#A melhor Casa do Mundo pelo ArchDaily

Na terça-feira, 9 de fevereiro, foi divulgada a lista de vencedores do Prêmio ArchDaily Building Of the Year 2016, promovido pelo ArchDaily, site de arquitetura mais acessado no mundo. Com votação do público, 55 mil eleitores tiveram que escolher o melhor projeto, separado em 14 categorias de características arquitetônicas e de construção, entre mais de 3 mil projetos apresentados no site no ano passado.

casa dalva

Na categoria Casas, a eleita melhor do mundo, foi a Casa da Dona Dalva, que fica localizada logo ali em São Paulo, em Vila Matilde. A residência da diarista Dalva, foi projetada pela equipe do escritório Terra e Tuma Arquitetos, com o desafio de adequar a obra a poucos recursos financeiros, sem deixar de lado a criatividade, a funcionalidade e aconchego que a casa tem que ter.

casa dalva2

Para deixar o custo da obra baixo, os arquitetos optaram pela estrutura e blocos aparentes, assim também como a fiação elétrica em dutos de aço aparente. A casa apresenta uma funcionalidade impressionante, uma vez que tudo se conecta, sem muitas repartições, sendo uma outra forma de economizar, resultando em menos alvenaria.

0188.TerraETuma.CasaVIlaMatilde-PKOK1368P

O pátio central da casa, além de conectar a cozinha, área de serviço com a sala, traz ventilação e iluminação, essenciais para uma boa qualidade de vida. É maravilhoso podermos imaginar que tudo pode ter uma solução, independente das condições financeiras, com planejamento, projeto e criatividade, tudo pode ser feito e o resultado ser gratificante.

casa dalva3


Para mais informações sobre a Casa da Dona Dalva: ArchDaily

Para ver o restante dos vencedores das outras categorias: Vencedores do Prêmio ArchDaily Building of the Year 2016

Imagens por Pedro Kok


 

#O habitat das suculentas

Primeiro falamos da suculenta e agora vem a dúvida: em qual local da casa ela combina? E o seu habitat? Pois bem. Qualquer plantinha vai bem em qualquer lugar da casa: seja na sala de estar, no home office, na cozinha, banheiros, varanda. Nos quartos há uma grande controversa, pois segundo a biologia, as plantas liberam substâncias que são repelentes naturais contra inseto, podendo causar falta de ar, por isso não são muito recomendáveis as bonitinhas nos quartos.

imagem 1

De tão versátil que a plantinha é, ela pode ser plantada em vários lugares inusitados, vai de acordo com a criatividade: xícaras, canecas, rolha de vinho, conchas, caixa de ferramenta antiga, baús, e por aí vai. Além disso, você também pode seguir a linha tradicional dos vasos de barro, mas existem vários jeitos de deixa-los bem charmosos. Separei alguns links que mostram um monte de DIY (Do It Yourself) maravilhosos, bem fáceis de fazer.

imagem 2

  1. DIY Vaso de Barro Decorado para Suculentas
  2. DIY como Plantar Suculentas
  3. DIY Succulent Garden
  4. 10 DIY com Jeitinhos Diferentes para Decorar Vasinhos

 

#Centro Cultural de Sedan, França

RICHARD SCHOELLER - pole culturel - sedan - 2013

Projetos arquitetônicos em linha reta, feitos por blocos geométricos, que podemos “montar” e viajar até formar o seu formato final, me enchem o coração. Quando a fachada é feita por panos de vidro contínuos e coloridos então, me apaixono mais. Sim, a arquitetura moderna me encanta. O Centro Cultural de Sedan, na França, é dono de todos essas características.

RICHARD SCHOELLER - pole culturel - sedan - 2013

Projetado em parceria pelos arquitetos Isabelle Richard e Frederic Schoeller, o Centro Cultural funciona como estúdio de dança, teatro, café e galeria. No interior, foi feito um grande espaço multiuso, podendo chegar até a 350m² livre, com palco e plateia retráteis. Seguindo o princípio da integração, existe um grande pátio logo à frente da fachada principal, funcionando como um lugar para reunião do público, livre e aberto.

RICHARD SCHOELLER - pole culturel - sedan - 2013

Os arquitetos souberam direitinho compor a edificação junto com a paisagem, respeitando o ambiente urbano e suas diversas formas. Tudo parece se completar, ao mesmo tempo em que pedestres passam por ali e se sentem atraídos pelo espaço e arquitetura. E assim, o local onde a cultura é expressada, sentida e produzida, se abre para a cidade.


photo-sergio-grazia-richard-schoeller-sedan_ECR-12


Para mais informações: Arch Daily


Imagens por Sergio Grazia

#Revistas Online

post1

Já sabemos que a internet de hoje, além de muitos chorumes, traz bastante coisa maravilhosa. Uma delas são as revistas online, que podemos acompanhar, nos informar, aumentar a bagagem de conhecimento, de graça, basta um click. Todos nós adoramos coisas acessíveis, não é mesmo?

Separei três das que mais gosto, que surgiram da melhor forma: mostrar que as mulheres também têm voz e precisam de representatividade.

Capitolina: Não me lembro ao certo quando conheci, mas é tanto amor que até comprei o livro. A revista aborda diversos temas, os textos são de boa compreensão, consegue sanar qualquer dúvida de qualquer assunto.

Confeitaria Mag: Acho que conheci por uma publicação de um conto da autora Clara Averbuck. A Confeitaria traz muitos textos, contos, crônicas, poemas, que nos fazem refletir sobre a vida, o que queremos, quais pessoas estão passando pela mesma coisa.

AzMina: Provavelmente conheci por publicações no facebook de páginas feministas. Se você quer ficar mais antenado, informado, sobre a desigualdade de gênero no Brasil, torna-se seu dever de casa acessar a Revista diariamente.


Extra: Site maravilhoso, Think Olga, puro empoderamento❤

#As charmosas suculentas

 

IMG_0424

Finalmente, algo que nos beneficia e também ao ambiente, se tornou habitual nas nossas casas e nas que vemos por aí, seja na internet ou pessoalmente. Algo natural e isento de tecnologia, que nos ajuda até a entender mais sobre o cuidar. Mas no caso, o que estamos cuidando é de uma mini plantinha muito linda: as suculentas.

30seeds-pack-best-price-best-promotion-21-kinds-font-b-succulents-b-font-font-b-seeds

São chamadas assim, por possuírem bastante água armazenada nas suas raízes, talo ou folhas, permitindo a elas sobreviverem em ambientes áridos e secos, tornando-se fácil seu cuidado. São muitas as espécies de suculentas, mas as mais usuais que encontramos são os cactos e agaves. Suas folhas gordinhas, suas diferentes formas e texturas, conseguem deixar qualquer espaço mais harmonioso, charmoso e elegante.

992

Os cuidados com as suculentas são básicos: uma vez por semana no verão, e uma vez a cada quinze dias no inverno. E como qualquer outra planta, o ideal é sempre tocar a terra: se estiver úmida, tudo bem, se estiver seca, quer dizer que está na hora de rega-la. Nada melhor do que ter este contato com algo tão natural e simples por um momento no dia-a-dia corrido. Cuidar de algo que é vida em verde, é surpreendente.


Para mais informações: Jardinaria


#Praça das Artes, SP

IMG_4532

Se tem uma coisa que faz um projeto se tornar incrível, é o fato de podermos vivencia-lo, senti-lo. Podemos classificar assim o projeto Praça das Artes, projetado pela equipe de arquitetos do Brasil Arquitetura,  localizado no centro da cidade de São Paulo, entre as ruas Formosa e Conselheiro Crispiniano, Praça Ramos de Azevedo e avenida São João.

IMG_4572

O principal motivo do projeto foi a requalificação do centro de São Paulo, e logo então, decidiram atender a carência de espaços para o funcionamento do Teatro Municipal de São Paulo, com novas atividades voltadas para qualificação profissional e educacional de música e dança.

IMG_4505

O ponto chave do projeto, está no fato de o térreo ser completamente livre, podendo circular pela quadra, funcionando mesmo como se fosse uma grande praça. Com isso, a praça das artes consegue alcançar a plena integração com o movimento da cidade, fazendo com que as pessoas circulem pelo interior do edifício. Essa opção de passagem faz com que o espaço seja percebido e principalmente vivenciado, tornando-se um referencial na cidade e atingindo o principal objetivo: requalificar.


Para mais informações: Arch Daily


Imagens por Nelson Kon